segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Módulo 2 - Temas-Problema:

1.3 - A comunicação e a construção do indivídu

5.1 A integração no espaço europeu

7.1 Cultura global ou globalização das culturas

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS / AVALIAÇÃO:

"Para além das orientações gerais, relacionadas com as características próprias do programa, que apontam para a utilização de estratégias activas de aprendizagem, mais centradas nos Temas-problema do que em metodologias específicas de uma determinada área disciplinar, devem levar-se em linha de conta as apresentações no início das unidades temáticas e dos Temas-problema. Ao permitirem um olhar abrangente sobre as temáticas a tratar, as apresentações facilitam as escolhas e a organização dos projectos de ensino/aprendizagem."

"Dado que a organização das aprendizagens se faz por módulos, deverão realizar-se momentos de avaliação no final de cada um destes. Para tal, apresenta-se no termo de cada Tema-problema a proposta de elaboração de uma síntese escrita. No entanto, a avaliação, quer formativa quer sumativa, deverá acompanhar a totalidade da aprendizagem e materializar-se em tarefas diversificadas que acompanham e fixam a aquisição de saberes, ao mesmo tempo que conferem relevância às competências de iniciativa, criatividade, responsabilidade, organização e autonomia por parte do aluno (a organização e liderança de um debate, a construção de uma colectânea de textos, a realização de um filme temático, a preparação de uma visita de estudo, a participação num fórum de temática social…)."
COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER:

"... com este programa pretende-se, essencialmente, desenvolver a capacidade de integrar conhecimentos de diferentes áreas disciplinares, aproximar estes conhecimentos de experiências de vida dos alunos e aplicá-los a uma melhor compreensão e acção sobre o mundo contemporâneo. Para dar corpo ao desenvolvimento de competências como iniciativa, autonomia, criticidade, integração e utilização criativa de saberes, o programa deve ser interpretado como um todo indissociável de que fazem parte a aquisição de conhecimentos culturais/científicos e os procedimentos de investigação, selecção, organização e difusão desses conhecimentos. Importância idêntica é, assim, atribuída aos objectivos de aprendizagem, às situações de aprendizagem/avaliação e à criação e utilização dos recursos a seleccionar. A forma por que se optou é significativa da intenção de paridade entre saber e procedimentos. 

"Em síntese, com este programa pretende-se, essencialmente, desenvolver a capacidade de integrar conhecimentos de diferentes áreas disciplinares, aproximar estes conhecimentos de experiências de vida dos alunos e aplicá-los a uma melhor compreensão e acção sobre o mundo contemporâneo."

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Manual recomendado

O manual recomendado é:

- Área de Integração, Ensino Profissional, Nível 3, Texto Editores

Temas problema por módulos:

1º (10º Ano):

Módulo I:

1.2. Pessoa e cultura
4.1. A identidade regional
7.2. Um desafio global: o desenvolvimento sustentado.

Módulo II:

1.3. A comunicação e a construção do individuo
5.1. A integração no espaço europeu
7.1. Cultura Global

Módulo III:

2.3. A construção da democracia
6.1. O trabalho, sua evolução e estatuto no ocidente
7.3. O papel das Organizações Internacionais.


2º (11º Ano):

Módulo IV:

2.1. Estrutura familiar e dinâmica social
5.2. A cidadania Europeia
8.2. Da multiplicidade dos saberes à ciência.

Módulo V:

2.2. A construção do social
6.2. O desenvolvimento de novas atitudes no trabalho e no emprego: O empreendedorismo
8.1. Das economias mundo à economia global

Módulo VI:

3.3. Homem - Natureza: Uma relação sustentável
4.3. Desequilíbrios regionais
9.1. Os fins e os meios: que Ética para a vida humana?

sábado, 18 de setembro de 2010

Programa da disciplina de Área de Integração


"O programa integra Áreas, Unidades Temáticas e Temas-problema, /.../. Assim, este programa está estruturado em três Áreas (A Pessoa, A Sociedade, o Mundo). Cada uma destas três Áreas está organizada em três Unidades Temáticas que, por sua vez, se compõem de três Temas-problema. Propõem-se, assim, 27 Temas-problema, cada um concebido para 12 horas de ensino/aprendizagem.
Considerando uma distribuição equitativa da carga horária global do programa (220 horas) pelos três anos do ciclo de formação (72 + 72 + 72 horas, por conseguinte), o ensino deverá organizar-se anualmente em dois módulos de 36 horas, constituídos por três Temas-problema. Cada um destes módulos deverá incluir Temas-problema das três Áreas propostas. No final de três anos (ou da organização temporal respectiva) deverão ter sido leccionados 6 módulos que abordarão 18 Temas-problema.
Os Temas-problema propostos pretendem apresentar diferentes formas de abordagem do mundo actual, analisadas na perspectiva de diferentes Unidades Temáticas e correspondendo a diferentes áreas do conhecimento...
No início de cada ano lectivo, os professores responsáveis pela disciplina deverão realizar um trabalho prévio de selecção e organização dos módulos. A selecção feita deverá reflectir a realidade de cada escola, a formação dos professores que leccionam a disciplina e o nível de interesses dos alunos. Na página 4 apresenta-se um quadro síntese que poderá facilitar a selecção dos temas e a organização dos módulos."